Bolo de amoras e chocolate branco

Gostas de amoras?
Sim.

Vou dizer ao teu pai que já namoras :)


Este bolo traz à minha memória momentos deliciosos da minha infância e do meu namoro.
Quando era pequenina gostava muito de apanhar amoras silvestres com a minha avó materna, Adelina, quando íamos a pé de minha casa para casa dela. 
Hoje, no sitio onde existiam as amoreiras apenas existem casas mas, não há uma única vez que ali passe e que não me lembre dos bons tempos que ali passei com a minha avó.
Durante o meu namoro, foram várias vezes aquelas em que apanhei amoras com o o meu Fernando, pois ele sabe o quanto eu gosto de apanhar fruta e comê-la logo de seguida.

Assim participo no passatempo do blog Limited Edition com a memória que as amoras trazem à minha vida.

Ingredientes
125g de manteiga sem sal (aos pedaços)
1/2 chávena de açúcar
1/4 chávena de leite
250g de chocolate branco (cortado aos pedaços)
2 ovos
2 chávenas de farinha sem fermento
1 colher (chá) de fermento em pó
1 chávena de amoras silvestres frescas


Preparação
Aqueça o forno a 180ºC. Forre uma forma retangular com papel vegetal e reserve.
Coloque a manteiga, o açúcar, o leite e metade do chocolate branco numa caçarola pequena em lume brando. Mexa durante 8 a 10 minutos ou até o chocolate estar derretido. Deite a mistura para uma tigela e deixe arrefecer ligeiramente.
Junte-lhe os ovos, a farinha e o fermento e incorpore delicadamente. Envolva as amoras e o restante chocolate branco.
Deite na forma preparada e leve ao forno por 30 a 40 minutos. Retire e deixe arrefecer antes de cortar em quadrados e servir.

12 comentários:

  1. Eu adoro e este não apanhei nenhumas
    Gostei muito do teu bolo deve ser uma maravilha
    bjs

    ResponderEliminar
  2. Ficou mesmo bonito o bolo, e estavas linda no teu casamento :)

    ResponderEliminar
  3. O bolo têm tão bom aspecto! :D

    Também me lembro de em criança ir apanhar amoras...também tentei ir apanhar amoras com o meu amor, mas infelizmente por onde moro parece que ao longo dos anos foram desaparecendo todas as amoreiras...:(

    Adorei o bolo*

    ResponderEliminar
  4. Combinas 2 ingredientes que adoro: chocolate e amoras! Ficou com um aspeto delicioso :)
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  5. HUM!!! Vou gostar desse bolo! Também gosto muito de amoras e faço compota com elas, com as das silvas... e saímos arranhados... mas o doce compensa os arranhões... é uma delícia e faz bem aos rins!...
    Lindos os noivos!
    Também gosto de expor fotografias pela casa.
    Beijos.

    ResponderEliminar
  6. As nossas memórias são do que melhor podemos ter nesta vida, pois são elas que fazem de nós o que somos hoje, pessoas melhores...
    Além de podermos recordar quem mais amamos nesta vida...

    O Bolo está delicioso a vista...
    e estavas muito bonita ....
    jinhos

    ResponderEliminar
  7. Susana, que linda fotografia e adorei a história. Como sabes também passei a infância em Leiria, também apanhei amoras à beira da estrada que comia de seguida e também sei que actualmente essas silvas já não existem, foram ocupadas por urbanizações. Por isso, de certa maneira, as tuas memórias são as minhas também. Gostei muito da tua participação! Beijinho e boas férias!*

    ResponderEliminar
  8. Tenho de fazer este bolo à minha irmã! Ela adora chocolate branco =)

    ResponderEliminar
  9. Ora aí está uma combinação bem interessante: chocolate e amoras. Imagino a delícia que não deve ser e o aspeto é tudo de bom.
    Bjn
    Márcia

    ResponderEliminar
  10. Que lindo bolinho e bela história!
    Beijinhos
    http://sudelicia.blogspot.pt/

    ResponderEliminar