Sopa de tranche de bacalhau fresco [sopa do vidreiro]


Fui desafiada pela Iglo e pelo Chef Tiago Bonito a confecionar uma receita com a nova tranche inteira de bacalhau fresco, pescado em alto mar e congelado com toda a qualidade.
Como entrámos no outono e, sendo eu natural da Marinha Grande, lembrei-me de homenagear a sopa da minha terra, a sopa do vidreiro, propícia para esta altura do ano.


A história da sopa do vidreiro conta que, sendo o vidreiro um homem que trabalhava arduamente à boca do forno, suportando elevadíssimas temperaturas e carregando pesos, necessitava de uma refeição forte e nutritiva. 
Devido às más condições de trabalho, os vidreiros estavam sujeitos a doenças respiratórias, como a tuberculose e, apresentando o bacalhau uma elevada riqueza em proteínas de alto valor biológico, de minerais como o iodo, fósforo, sódio, potássio, ferro e cálcio e de vitaminas do complexo B, era muito útil na prevenção de diversas doenças. No caso do sódio, este era assim reposto, devido à grande perda no organismo, através do suor.
Nesta refeição de sopa, o bacalhau era o peixe de eleição pela sua riqueza nutricional e pelo seu baixo preço. O pão, a broa e as batatas constituíam as principais fontes de hidratos de carbono e ,permitiam aos operários terem energia necessária para realizarem as suas funções durante longas horas. Também o azeite era importante, sendo a principal fonte de gordura, designado na antiguidade como "olho líquido", que conferia à sopa uma textura sedosa e um sabor inigualável.
Estes alimentos faziam desta sopa uma refeição rica em fibras.


Ingredientes
1 tranche inteira de bacalhau fresco Iglo
4 dentes de alho
1 fio de azeite
1/2 broa
2 fatias de pão caseiro
4 ovos
6 batatas grandes
sal marinho Marnoto by Necton q.b.
hortelã-menta Aromáticas Vivas q.b.


Preparação
Deixe descongelar a tranche de bacalhau.
Descasque as batatas e corte-as em rodelas com a ajuda do cortador Borner. Reserve-as.
Coloque a broa esmigalhada nos pratos e sobreponha meia fatia de pão caseiro.
Leve água ao lume, com os dentes de alho picados muito finamente e o azeite. Deixe ferver e escalde a tranche de bacalhau. Reserve-a.
Na mesma água, coloque as batatas para cozer e tempere com sal. Retire-as e escalfe-os os ovos nessa mesma água. Retire-os passados 3 minutos e reserve a água ou, neste caso o caldo.
Disponha as batatas sobre a broa e o pão. Corte a tranche de bacalhau em 4 lombos e coloque-a sobre o preparado. Em cima, coloque um ovo em cada prato.
Decore com hortelã-menta para dar frescura e cor ao prato e rege com o caldo.




Tempo de preparação: 30 minutos
Quantidade: 4 pessoas
Custo: económico
Grau de dificuldade: fácil (*)
Vegetariano: Não
Para crianças: Sim
Ingrediente principal: Tranche de bacalhau fresco


4 comentários:

  1. Que delicia de plato, con lo bueno que está el bacalao, me encanta.
    Besoss

    ResponderEliminar
  2. Não conhecia essa sopa mas olha que é bem interessante. Tem um aspecto óptimo.
    Beijinho

    Bimby & Sabores da Vida

    ResponderEliminar
  3. Não conhecia essa história nem a sopa em si, mas gostei de passar a conhecer ambas! Essa refeição é muito completa e parece deliciosa :)

    ResponderEliminar