A minha iniciação nos ginásios

by @Tertúlia da Susy, em 19 de junho de 2018
Eu sempre tive tendência para engordar e, na adolescência era bem "gordinha". Porquê? Porque nunca fui fã de exercício físico, comia fora de horas (devido às noitadas) e algumas fast-foods.
Em 2008 comecei a dar mais importância à aparência (sim, é verdade!!!) e inscrevi-me num ginásio feminino. Adorei a experiência e, aos poucos fui melhorando, não tanto fisicamente mas, mais psicologicamente (que talvez seja mais importante). O trabalho que tinha era muito stressante e o ginásio conseguia acalmar-me.
Passados uns meses, mudei de emprego e de cidade e, sem conhecer ninguém (por vezes é melhor), resolvi frequentar o mesmo tipo de ginásio. Cada vez me sentia melhor mas, comecei a achar que não era suficiente.
Depois de visitar vários, inscrevi-me num ginásio com acesso a musculação e a aulas de grupo.Não foi fácil e, uma das professoras chegou mesmo a dar-me os parabéns, pois penso que eu nunca me iria adaptar e ter coordenação para as referidas aulas. Mas eu sou uma mulher de muita persistência  e de nunca desistir.
Mais um obstáculo e, devido a compromissos profissionais fui obrigada a desistir após um ano de treinos.
Lá fui fazendo umas caminhadas e, aos poucos, consegui nutrir o meu marido com este espírito.
Em 2016 e o meu último ano em Lisboa, tive aulas com um personal trainer e, verifiquei que as aulas com acompanhamento profissional são muito mais eficazes.
Mas, a vida dá muitas voltas e, em 2017 voltei a mudar de emprego e de cidade e, consequentemente de ginásio. Desta vez, optámos (eu e o meu marido, finalmente estamos juntos) por um treino personalizado (Personal Trainer) e com um novo conceito - a eletroestimulação. Claro que as caminhadas ao ar livre fazem o complemento, pois o ar livre é essencial para o bem estar psíquico. Após 8 meses os resultados são nítidos e a motivação está em alta.

  • Partilhe:

É possível que também goste de...

2 comentários

  1. OI!!! Eu também tenho tendência a engordar, na infância e início da minha adolescência eu era bem gordinha e tinha apelidos horríveis de baleia, bola, etc ... Quando comecei a me interessar pelos garotos fiz dieta e caminhadas e fiquei bem magrinha. Depois me casei, tive meu único filho (hoje com 12 anos) eu estou sempre me cuidando, tenho uma dieta balanceada durante a semana, mas não deixo de saborear os fast-foods, vinhos, queijos amarelos, massas e gorduras no final de semana. Também faço aula de Zumba e exercícios de musculação 4 vezes por semana, além de caminhar diariamente (porque vou ao trabalho andando e são 20 minutos da minha casa até lá) atualmente estou feliz com meu corpo, sou baixinha tenho 1 metro e 58 centímetros e peso 50 kilos ;)

    ResponderEliminar
  2. Aí está uma coisa que não gosto nada, exercício físico! Gosto de comer e só fiquei com muita tendência para engordar depois da gravidez, mas agora tenho algum cuidado com a alimentação, se uns dias abuso em outros tenho de controlar a gula!!
    Beijinhos.
    http://www.opecadomoraemcasa.pt/

    ResponderEliminar