Alecrim


Alecrim é uma planta arbustiva, com flores azul pálido, roxas ou brancas e folhagem verde acinzentada, com um aroma caraterísitico que os romanos designavam de rosmarinus, que em latim seignifica orvalho do mar.
Fresco ou seco, o alecrim é apreciado na preparação de aves, caça, carne de porco, salsichas, linguiças e batatas-assadas. Em churrascos, aconselha-se a espalhar um bom punhado sobre as barasas de carvão aceso, perfumando a carne e difundido um agradável odor no ambiente. Pode ainda ser utilizado em sopas e molhos.
O alecrim atua como um antiinflamatório, antibacteriano, digestivo, diurético, relaxante muscular, fortificante, cicatrizante, antisséptico, retardador do envelhecimento das células e eliminador de toxinas no nosso organismo.
É muito rico em vitaminas e minerais, como a vitamina B6, B2, A e C, ferro, magnésio, fósforo, zinco, cálcio e outros antioxidantes.
É considerado como planta medicinal e muito utilizado no tratamento de problemas digestivos, depressão leve, fadiga, enxaqueca, reumatismo, sinusite e bronquite, menstruação irregular e cólicas, entre outros.


Nota: Ver receitas com alecrim (aqui)

3 comentários:

  1. Olá :) Enviamos um convite para o teu email.
    Contamos contigo? :)

    ResponderEliminar
  2. Minha mãe tomava muito o chá. Na galinha como tempero fica muito bom.
    Bjos,
    tenha um ótimo fim de semana.

    ResponderEliminar
  3. Confesso que não sou a maior fã, uma vez comi um prato exagerado em alecrim e fiquei enjoada até agora... :P

    ResponderEliminar